LAMEB na Pandemia

Considerando a atual situação de emergência sanitária com alto risco de contaminação pela COVID-19 a Portaria Normativa Nº 364/2020/GR, de 29 de maio de 2020, expedida pelo gabinete da reitoria, estabelece (grifo nosso):

Art. 3º Prorrogar, por tempo indeterminado, a suspensão do expediente presencial nas atividades técnicas e administrativas em todas as unidades da UFSC, exceto nos setores de saúde, segurança e nas situações de caráter inadiável e essencial.

Porém, mesmo com o estabelecimento do trabalho remoto na UFSC, desde o início do período pandêmico o LAMEB procurou atender as demandas de pesquisa, adequando o atendimento às necessidades de saúde, tanto do corpo técnico, como dos usuários.

Assim seguimos com os atendimentos em regime de exceção, com o estabelecimento de normas que visam o melhor funcionamento do laboratório dentro das condições atuais. No momento todas as agendas dos equipamentos estão suspensas e os atendimentos são realizados segundo demanda, gerenciada diretamente pelos técnicos do LAMEB. Os atendimentos são realizados com apenas um usuário por sala e a presença de acompanhantes fica restrita a situações de extrema necessidade. Mesmo usuários credenciados devem seguir os passos abaixo para utilização dos equipamentos.

 

Para  utilizar um equipamento do LAMEB o usuário deve:

 

Certifique-se de que estas etapas cumpridas:

  1. Estar cadastrado como usuário no LAMEB;
  2. Responder o  Formulário de Levantamento da Necessidade de Uso do LAMEB;
  3. Enviar por email com seu nome completo o documento assinado por seu(sua) orientador(a):  Declaração de Ciência do Orientador;
  4. Em seguida, enviar um email para lameb.ccb@gmail.com solicitando agendamento do equipamento de interesse. O equipamento deve estar descrito no título do email.

 

ATENÇÃO

É importante ressaltar que todos os atendimentos estão sendo realizados a fim de oferecer o menor tempo possível de exposição a técnicos e usuários. Assim, as datas de atendimento serão sempre ajustadas buscando otimização das demandas.

 

Nas dependências do LAMEB o usuário deve seguir estas orientações:

Quando inadiável, solicitamos especial cuidado na observação das ações básicas de prevenção durante o atendimento:

ATENÇÃO

    • manutenção de distanciamento;
    • higienização das mãos ao entrar no LAMEB;
    • ventilação dos ambientes e;
    • principalmente uso de MÁSCARAS.

Sobre este último ponto gostaríamos de ressaltar alguns aspectos:

1. A máscara deve cobrir completamente boca e nariz e estar BEM AJUSTADA. Usuários com máscaras visivelmente desajustadas não serão atendidos.
2. A máscara deve estar ajustada ao rosto de forma que o usuário não necessite tocá-la o tempo todo. A manipulação da máscara durante seu uso traz risco de contaminação para o próprio usuário e também para as demais pessoas do ambiente.
3. A máscara deve estar íntegra e ser confeccionada de material mais seguro possível. Recomenda-se preferencialmente respiradores do tipo PFF2/N95 ou em segunda hipótese máscaras cirúrgicas (tripla camada).
4. Na impossibilidade de outro material, máscaras de tecido preferencialmente não devem conter costuras e devem contar com duas camadas de tecido e uma de material filtrante. Podem ser utilizadas em conjunto com máscaras cirúrgicas, para maior segurança. Maiores informações: https://noticias.ufsc.br/2021/03/covid-19-professor-da-ufsc-orienta-sobre-tipos-e-modelos-de-mascaras/ . Lembrando que máscaras de tecido devem ser descartadas após 30 lavagens (ANVISA).
5. NÃO SERÃO atendidos usuários utilizando máscaras de tricô, bandanas, polainas de pescoço ou máscaras descartáveis duplas (superfinas, do tipo utilizado em procedimentos estéticos).

Mesmo reconhecendo que todo contato técnico-usuário oferece risco de contaminação para ambas as partes, os atendimentos seguem sendo realizados em regime de exceção, no intuito de contribuir com o andamento dos projetos de pesquisa da Universidade.

O corpo técnico se resguarda ao direito de não realizar atendimentos quando avaliar que esse risco não está minimizado pela adoção correta de medidas preventivas. Em caso de suspeita de contágio por COVID-19, antes ou após os atendimentos, comunicar imediatamente o corpo técnico do LAMEB.