Insumos – Sistema de Coloração de Lâminas Leica AutoStainer XL

As lâminas de vidro a serem coradas não devem conter etiquetas colantes ou qualquer tipo de fita adesiva, pois a cola danifica os reagentes. Também não deve ser utilizadas anotações feitas em canetas hidrocores, pois as mesmas se perderão durante o processo nos banhos de álcool e xilol (além de danificar os reagentes).

A lâmina correta a ser utilizada é com ponta fosca, onde o usuário deve escrever a identificação a lápis.

Para ter direito a 10 rodadas de utilização (capacidade máxima de 30 lâminas por rodada) do processador de amostras o grupo de pesquisa deve prover os seguintes insumos:

  • 2L de Álcool etílico absoluto P.A. (C2H6O), pureza mínima 99,5% – frasco lacrado (dentro do prazo de validade);
  • 1L de Xileno (Xilol) P.A. (C8H10) – frasco lacrado (dentro do prazo de validade);
  • 1 caixa (30 unidades) de Filtro de Papel para coar Café tamanho 103.
  • Meio de montagem para as lâminas – exemplo: Entellan, etc.;
  • Lâminas e lamínulas.

O LAMEB disponibiliza alguns tipos de coloração, dentre as quais: Hematoxilina-Eosina (HE), Azul de Toluidina (ATO), Coloração com Azul de Astra e fucsina básica, Cloreto Férrico, Sudan, Azul Brilhante de Coomassie (CBB), Ácido Periódico de Schiff ( PAS) e Violeta de Cresil. Você pode verificar os protocolos recomendados AQUI.

Caso o usuário necessite utilizar outros protocolos fica responsável por prover os reagentes necessários. As cubas do sistema de coloração necessitam de no mínimo 400ml de cada regente.